Lista das 10 VPN com mais vulnerabilidades Play Store

Lista das 10 VPN com mais vulnerabilidades Play Store – aí o cara usa uma VPN para ter mais privacidade e segurança e descobre que está sendo espionado.

Pesquisadores da VPNPro descobriram grandes vulnerabilidades em dez dos aplicativos VPN gratuitos mais populares da Google Play Store, incluindo o SuperVPN Free VPN Client.

O preocupante é que o aplicativo já foi baixado mais de 100 milhões de vezes.

Se ainda não foi, fatalmente será, segundo Jan Youngren, um pesquisador da VPNPro, com a tradução a seguir:

“Nossa análise mostra que este aplicativo tem vulnerabilidades críticas que o abrem a ataques perigosos, conhecidos como hackers man-in-the-middle (MITM).

“Essas vulnerabilidades permitirão que os hackers interceptem facilmente todas as comunicações entre o usuário e o provedor de VPN, permitindo que os hackers vejam tudo o que o usuário está fazendo”.

Lista das 10 VPN com mais vulnerabilidades Play Store
Lista das 10 VPN com mais vulnerabilidades Play Store

Lista das 10 VPN com mais vulnerabilidades Play Store

Uma VPN ou rede privada virtual deve manter suas atividades online privadas. No entanto, parece que, na lista abaixo, todas essas VPN utilizadas por milhares de pessoas  com seu smartphone Android,  fazem exatamente o contrário.

SuperVPN Free VPN Client

TapVPN Free VPN

Best Ultimate VPN – Fastest Secure Unilimited VPN

Korea VPN – Plugin for OpenVPN

Wuma VPN-PRO(Fast & Unlimited & Security)

VPN Unblocker Free unlimited Best Anonymous Secure

VPN Download: Top, Quick & Unblock Sites

Super VPN 2019 USA – Free VPN, Unblock Proxy VPN

Secure VPN-Fast VPN Free & Unlimited VPn

Power VPN Free VPN

Então, se você usa qualquer umas dessas VPN, corra e desinstale de seu aparelho Android urgentemente, procure outras que não foram listadas aqui.

Mantenha sempre seu sistema atualizado, porém, em muitos casos, inclusive no exterior, o Android em muitos aparelhos não é mais atualizado.

Os telefones mais antigos testados por fabricantes como Motorola, Samsung, Sony e LG foram encontrados com vulnerabilidades.

Qualquer pessoa que use um telefone Android lançado em 2012 ou antes – incluindo dispositivos populares na época, como o Samsung Galaxy S3 e o Sony Xperia S – deveria estar “especialmente preocupada”.

Ele também incentivou qualquer pessoa que execute uma versão do Android anterior ao 7.0 Nougat, lançada em 2016, a tentar atualizar seu software, já que essa versão agora não é mais suportada pelo Google.

No entanto, se um dispositivo não puder ser atualizado, é provável que precise ser substituído.

Se você, como milhões de pessoas que possuem um celular ou smartphone com o sistema Android inferior a 7.0 Nougat, corre sérios riscos de ser atacada por hackers.

fontes consultadas:

Mirror

Mirror 2

 

Visitado 134 vezes
Compartilhem sem dó!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Inexistent Man

Feita por blogueiros que amam e vivem do que fazem, muitas vezes vivem às duras penas, mas é o que melhor sabem fazer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.