Recupere laptops ou smartphones roubados

Ferramentas Online, Informática, Internet, Software, Utilidades today 03/06/2012comment Comentários person_pin
Visitado 1.564 vezes

Os usuários de iPhone que fazem atualizações regulares do sistema operacional já dispõem de uma funcionalidade para recuperar o aparelho em caso de perda ou roubo – a opção Find my Phone (Encontre meu telefone). Demorou até que o recurso viesse diretamente da Apple – antes, usuários tinham que tomar a providência de instalar um aplicativo capaz de rastrear aparelhos. Porém, essa ainda é a única opção para quem usa um celular com o sistema Android, do Google, ou para quem quer recuperar um notebook. Um dos programas disponíveis é o Prey Project, um software antirroubo que pode ser baixado de graça. Ele existe nas versões para Mac, Windows, Linux e Android. A versão para iOS, da Apple, aguarda aprovação na App Store.

No notebook – Crie uma conta gratuita no site do Prey Project e baixe o software no laptop. Ao instalar o programa, lembre-se de associar o seu computador à conta no serviço. Assim, você poderá ativar suas funcionalidades de qualquer outro computador, caso o seu seja roubado, e receber relatórios de seu paradeiro.

Quem utiliza a versão gratuita do serviço pode atrelar até três aparelhos à conta e armazenar dez relatórios por aparelho. Depois que o limite for atingido, os relatórios novos serão salvos por cima dos mais antigos.

Depois de perda ou furto, é necessário acessar a conta – de outro computador, logicamente – marcar o aparelho em questão como desaparecido e indicar quais ações devem ser tomadas.

É possível receber relatórios com a localização do computador (através de GPS ou do ponto de acesso Wi-Fi mais próximo).

O usuário também pode escolher receber imagens tiradas pela webcam. Outra opção é receber printscreens da tela. Com sorte, serão do Facebook do ladrão.

Também é possível fazer o computador soar um alarme em intervalos regulares. Existe ainda a função de exibir uma mensagem falando que ele é propriedade roubada, mas ela não funcionou no teste.

O Prey também pode ser configurado para alertar o usuário sobre mudanças nos programas ou nos arquivos e para apagar o histórico de navegação e as senhas salvas nos browsers. O programa não pode ser desinstalado do computador sem uma senha especial que o proprietário legítimo escolheu.

No app para Android – Além de marcar o aparelho em questão como desaparecido e de escolher o que o Prey deve fazer, também é necessário mandar uma mensagem de ativação que o usuário escolhe.

As funcionalidades da versão para Android são bem mais restritas do que as voltadas a computadores: os relatórios não incluem fotos da câmera ou capturas de tela, apenas a localização com base no GPS do aparelho e endereço IP da rede.

É possível bloquear o aparelho, mas ele só ficará bloqueado depois de ser desligado e ligado novamente. Isso evita que o ladrão faça ligações ou acesse a e-mails do dono do celular.

O usuário também pode exibir uma mensagem de que o celular foi roubado – mas ela apareceu incompleta em algumas das tentativas – e soar um alarme em intervalos regulares.

Polícia – A intenção dos criadores do Prey é de que os usuários entreguem os relatórios à polícia, para aumentar as chances de recuperar aquilo que foi roubado.

Formatação – Lembre-se que o Prey Project não funcionará se o laptop ou celular for formatado – esse procedimento faz com que o aparelho perca todos os dados e programas instalados.

Inexistent Man Store
WebEmoji Emoticons
Rádio Online músicas antigas
Curta-nos no Facebook
Siga-me no Twitter
Categorias
Parceiros
Criativo de Galochas Arnolds SportKing